quinta-feira, 6 de dezembro de 2007

Trabalho de Música!!!!

video

terça-feira, 16 de outubro de 2007

Produção de alunos!!!


Desenhos de alunos após a proposta de desenhar sobre infância, depois de conversa sobre a obra As Meninas de Velasquez, utilizando recortes ou desenho livre!!!!
Interessante que eles foram além da minha expectativa, inclusive retratando uma infância masculina!!!!!!

sábado, 13 de outubro de 2007

Cantigas de roda!!!!!

video

Meus alunos cantando !!!!

terça-feira, 9 de outubro de 2007

Aquarela - Toquinho

quinta-feira, 4 de outubro de 2007

Visita a Bienal

segunda-feira, 24 de setembro de 2007

Novo blog - Portfólio!!!!

Bem construí outro blog, foi preciso, agora terá até marcadores. Achei que ficou bem legal, diferente , depois de mudar cor, modelo, pesquisar gifs, ficou como eu gosto, personalizado!!!
Valeu a pena!!!!!

quarta-feira, 12 de setembro de 2007



Pra você!!!

Pequenas férias!!!

É bom ter um descanso, estar sem muitas atividades, mas como pertenço a Educação a distância sinto falta de ter o que fazer no computador, parece que falta algo. É estranho abrir meu e-mail e ver que há poucas mensagens de colegas, tutoras ou professores.

segunda-feira, 3 de setembro de 2007

Festa 2007!!! UFRGS-PEAD


Nossa apresentação!!!!! Pólo de São Leopoldo
Aconteceu o envolvimento de todos os pólos,
unindo "bixos", veteranos, tutores e professores,
foi emocionante !!!

Veja meu Slide Show!

domingo, 26 de agosto de 2007

Já fez 1 ANO


Já se passou um ano desde o início do curso, como tudo correu rápido, só me dei por conta depois de visitar o BLOG da colega Janete.
Realmente o tempo passa, o tempo voa!!!!

O que é realmente amizade????

Linda história !!!!

Texto postado no blog da minha colega Janete do pólo de Sapiranga

O presente mais especial!!!

Era uma cidade perdida entre a exuberância da mata e o escarpado da serra.
Uma cidade do interior como muitas outras. Na única escola havia uma só classe de alunos e uma única professora.
As crianças, de variadas idades, eram amadas por ela e com carinho acolhidas todos os dias para as horas de ensino.
Para aquela mestra, cada menino e menina era uma criatura especial.
Quando chegou o dia do professor os alunos desejavam lhe dizer que também a amavam muito e lhe levaram presentes.
Agitadas, cada uma delas desejava entregar antes a sua dádiva.
Os filhos do dono da chácara próxima trouxeram uma cesta de frutos. Cada um mais bonito e cheiroso que o outro.
Os filhos do dono da granja trouxeram uma boa quantidade de ovos.
A filha da cozinheira do restaurante trouxe um bonito bolo de cenoura, com cobertura de chocolate.
Os três irmãos que viviam na fazenda lhe trouxeram um pequeno animal, um cabritinho.
A cada um, emocionada, ela abraçava e agradecia.
Por fim, o menino-índio, o único índio na escola, lhe deu uma concha.
Ela ficou encantada com a beleza da concha e, recordando seus próprios tempos de infância, colocou-a no ouvido para escutar o barulho do mar.
Ficou embevecida. Pela sua mente passaram as cenas dos dias em que, criança, brincava na areia, molhava os pés nas ondas que morriam na praia, fazia castelos e fortalezas.
Quando foi abraçar o menino, reparou que suas pernas e pés estavam empoeiradas, que a unha do dedão estava quebrada e que seu short estava sujo.
A camisa estava molhada de suor. Braços e mãos estavam imundos. O rostinho - bom, naquele rostinho suado os olhos faiscavam de alegria, percebendo o encanto da professora com a concha.
Foi no confronto com esses olhos que ela se deu conta de que a praia mais próxima estava a três horas de caminhada.
Considerando a volta, isso significava seis horas de caminhada ininterrupta.
Perguntou ao menino: "Mas você foi buscar essa concha para mim tão longe?"
Sorrindo ainda, ele respondeu: "A caminhada faz parte do presente."



quarta-feira, 22 de agosto de 2007

É muito FOFO!!!!




quinta-feira, 16 de agosto de 2007

Fim de semestre!!!


Mais um semestre termina, nem acredito que já se passaram dois semestres. Quanta mudança, trabalhos, novas amizades, amadurecimento, medo, frustração, organização, avaliação, ........ Ontem após a avaliação do Seminário II fiquei pensando como gosto de escrever digitando, tudo é fluente e rápido, quando tenho que escrever no papel parece que vou errar, necessito do rascunho, mas estou melhorando nisso. Nas duas últimas provas comecei o rascunho e parei, porque com certeza como disse a professora Cíntia ontem, "é mais cansativo, se faz duas vezes a mesma coisa". Gostei muito de fazer o inventário , tanto como o Memorial( realmente mexeu comido, porque resgatar fatos da infância foi doloroso , mas ao mesmo tempo ótimo. Lembrar de muitas coisas, sentir cheiros, cantarolar melodias, reviver brincaderias , nem tem o que pague. Como nossa memória é realmente uma caixinha pronta para ser aberta, cheia de repartições, onde guardamos alegrias, tristezas, emoções...) . Como estudante o inventário foi ótimo porque reli postagens e parece que nem fui eu que escrevi!!! Quanta coisa já se passou, quanto construi, como estou conseguindo amadurecer e me organizar melhor, entender que o importante não é fazer logo e rápido, mas sim aprofundar o conteúdo , pesquisar, entrar em conflito, trocar. Estou feliz por estar a cada semestre fazendo mais amizades tanto presenciais , quanto virtuais, sempre gostei muito de me comunicar através do computador, mas as vezes nem conhecia a pessoa, e agora tenho o virtual e o presencial. Quando adolescente gostava muito de escrever até para brigar ou desabafar com o namorado mandava carta, é melhor escrever, as vezes quando falamos, acabamos entrando em discussão, também escrevendo consigo dizer o que penso realmente, o que sinto, acho que é porque não estou vendo a reação da pessoa, assim não há reprovação e consigo seguir adiante.
Hoje claro que falo bem mais o que penso que antigamente , mas ainda apesar de muito falante, sou tímida, tenho medo de me espor Pensar que vamos começar uma disciplina que é TEATRO, me dá uma angustia. Será que tudo bem se eu puder ser a porta, uma árvore, algo que fique parado, e que não fale??? Na verdade acho que tenho vergonha, nem sei, insegurança??? Será trauma?? Só Freud explica.
Espero terminar o terceiro semestre feliz, vencedora de mais um obstáculo que enfrentei,tipo exposição, o olhar dos outros. Tomara que não precise dançar, porque aí mora o perigo, tenho um problema eu adoro dançar , mas sou meia dura, e fico pensando o que os outros estão dizendo, se estou fazendo certo, se não estou sendo meio ridícula!!!
No final tenho certeza que vou superar ,não totalmente, mas quem sabe a metade!!!???

quarta-feira, 15 de agosto de 2007

Marga, Eu e Suélen


Foto pós prova do Seminário II
(até que as modelos ajudaram!)
Posted by Picasa

sexta-feira, 20 de julho de 2007

Dia do Amigo!!!!!

Recebi e quero compartilhar!!!!!

O amor pergunta pra amizade,
Mas pra que é que tu serve??
E a amizade responde
"Sirvo pra limpar as lágrimas que tu deixa cair"!!!




sábado, 30 de junho de 2007


Posted by Picasa

sexta-feira, 22 de junho de 2007

Memória e infâncias!!!!

Acho que estas duas novas interdisciplinas nos acrescentarão muito, pena que será pouco tempo!!!!
Quanta necessidade tenho te ter registro de fatos e acontecimentos, através de fotos, lembranças, escrita em diários ou agendas.

Acho muito importante a história de cada um, de uma família, por isso faço registros para ter junto a minha história quando relato a história de meus filhos!!!!


Início da minha história

Bem , hoje postando no fórum do ROODA, trocando sobre memórias me veio que, meu pai, é um ótimo exemplo. Ele, mesmo sendo analfabeto( está com 80 anos e minha mãe com70) conta causos, recorda da infância, lembra até de quando teve catapora e sarampo como se estivesse vivendo a situação naquele momento. Nunca fez registro no papel, só na memória. Interessante também é que ele aprendeu a tocar cavaquinho de ouvido, nunca teve aula, mas sabe as notas musicais, toca do seu jeito é claro, não sei se certo ou errado e canta como cantavam antigamente e até música compôs.

Uma delas fez para minha mãe( pensando nela). Daí ele diz assim" de minha autoria".

Morena gaúcha

Estes versos que fiz
Seria uma brincadeira
Viva a morena gaúcha, viva a morena faceira.

Eu e a minha gaúcha
Vamos lá no galpão
Ela com a cuia na mão
Tomando seu chimarrão....
(essa eu não sei de cor, só quando ele canta, consigo lembrar)

Tem outra que é assim: Sabiá da Laranjeira

Sabiá da laranjeira, ouvi teu cantar bem perto
E eu saí te procurando, mas a noite foi chegando
Te perdi lá no deserto
E eu saí da casinha , mas eu saí saudade
De baixo da laranjeira
Sentadinho .......
A ouvir o teu cantar, ouvir o teu cantar!!!

(essa eu sei um pedaço de cor, mas minha filha sabe toda,porque ela sentava com o avó e ouvia ele cantar e tocar, engraçado que pra mim lembrar da letra tenho que cantar como ele canta(porque é bem diferente é repujado , é até engraçado), ouvindo a voz dele na minha cabeça).

Incrível como realmente funciona nossa memória !!!
Posso dizer que estes versos(músicas) fazem parte da memória coletiva da minha família(meus irmãos,marido, filhos, cunhados, sobrinhos, tios) que está até passando de geração em geração através da oralidade, sem registro escrito.
É engraçado pensar que quando meu pai não mais existir a voz dele ainda existirá na nossa memória!!!




sexta-feira, 15 de junho de 2007

Namorados!!!!!!


Bem apesar de já ter passado o dia dos namorados quero registrar minha paixão pelo meu maridorado.
Já são 21 anos de namoro, é tempo né???!!!

No início era aquela paixão, aquele posse,
hoje é mais lingth, muita compreensão,respeito,AMOR!!!
O tempo voa, parece que foi ontem que nos conhecemos e começamos a namorar,
lembro do primeiro encontro, beijo, presente.
Acho que mudamos muito , para melhor.
Hoje somos mais responsáveis, mas ainda eternos sonhadores.

E temos dois filhos lindooos!!!!
Frutos de nosso namoro, paixão, amor, amizade,companheirismo,respeito!!!!
Que são a razão de nosso viver!!!!

Término de duas interdisciplinas

Quanta leitura nestes meses, mas valeu a pena,
foi muito bom, muitas assimilações e acomodações,
muitos conflitos
e uma nova visão de aprendizagem.


terça-feira, 15 de maio de 2007


Quantos desafios!!!???
Antes tinha um certo pânico de alfabetizar, hoje vejo a alfabetização e o letramento de uma maneira mais tranquila, possível, ao meu alcance.
A responsabilidade de alfabetizar é grande , mas acredito que o resultado não tem preço, é muito motivador!!!



Muita leitura


Muitas leitura em psicologia, está sendo muito bom , mas são muitas teorias e conteúdos. Gostaria de ter mais tempo para absorver todas estas informações!!!!!!!!!!

quinta-feira, 26 de abril de 2007

Palavras

"O ato de ler e escrever deve começar a partir de uma compreensão muito
abrangente do ato de ler o mundo, coisa que os seres humanos fazem antes
de ler a palavra.
Até mesmo historicamente, os seres humanos primeiro mudaram o mundo,
depois revelaram o mundo e a seguir escreveram as palavras."



quinta-feira, 12 de abril de 2007

Novos bixos


Ontem tivemos aula presencial para recepcionar os novos bixos, agora temos mais 17 colegas novas, felizmente minha amiga Carla passou e agora é minha colega de UFRGS, também tive oportunidade de adotar um bixo, minha nova colega Marga, muito querida e simpática.

quinta-feira, 29 de março de 2007

Segundo semestre


Início das aulas, dia 26.03.07, mais uma etapa pela frente, novos colegas, novos desafios, mais troca e aprendizagem.

quarta-feira, 14 de março de 2007

12 anos



O poema por si só já diz tudo,
Dedico ele a minha filha Bárbara
que amo
e completou 12 anos no di 12.03.07

Bá , te amoooooooooo!!!!!!!!!!!!!!

“Quero ser teu amigo
Nem demais e nem de menos
Nem tão longe e nem tão perto
Na medida mais precisa que eu puder
Mas amar-te como próximo, sem medida,
E ficar sempre em tua vida
Da maneira mais discreta que eu souber
Sem tirar-te a liberdade
Sem jamais te sufocar
Sem forçar a tua vontade
Sem falar quando for a hora de calar
E sem calar quando for a hora de falar
Nem ausente nem presente por demais,
Simplesmente, calmamente, ser-te paz.
É bonito ser amigo,
Mas confesso,
É tão difícil aprender,
Por isso, eu te peço paciência
Vou encher este teu rosto de alegrias, lembranças!
Dê-me tempo
De acertar nossas distâncias!”

(Fernando Pessoa)

quinta-feira, 8 de março de 2007

Meu Aniversário e Dia Internacional da Mulher!!!!




"No princípio eu era a Eva Criada para a felicidade de Adão
Mais tarde fui Maria dando à luz aquele que traria a salvação
Mas isso não bastaria para eu encontrar perdão.
Passei a ser Amélia a mulher de verdade para a sociedade não tinha a menor vaidade mas sonhava com a igualdade.
Muito tempo depois decidi: Não dá mais! Quero minha dignidade tenho meus ideais!
Hoje não sou só esposa ou filha sou pai, mãe, arrimo de família sou caminhoneira, taxista, piloto de avião, policial feminina, operária em construção...
Ao mundo peço licença para atuar onde quiser meu sobrenome é COMPETÊNCIA
E meu nome é MULHER..!!!!"

domingo, 18 de fevereiro de 2007

Carnaval!!!!!!!!!!!


Tempo de festa , o Brasil paralisa, as pessoas parecem se alimentar de música e dança , esquecendo dos probelmas pelo menos por uns dias.

Me questiono, o quanto isso é bom e saudável??? Viver um sonho por uns dias ou a realidade o ano todo ???

quarta-feira, 14 de fevereiro de 2007

FÉRIAS




Nada melhor que piscina, praia, férias, sombra e água fresca!!!!!

quarta-feira, 17 de janeiro de 2007

Navegando


O sujeito da educação é o corpo, porque é nele que está a vida. É o corpo que quer aprender para poder viver. É ele que dá as ordens. A inteligência é um instrumento do corpo cuja função é ajudá-lo a viver. (Rubem Alves)

"Estar atento significa estar disponível ao espanto. Sem espanto não há ciência, não há criação artística. O espanto é um momento do processo de pesquisa, de busca. Essa postura de abertura ao espanto é uma exigência fundamental ao educador e à educadora. [...] O espanto não é o medo que ele tem nem é coisa de ignorante. O espanto revela a busca do saber."(Paulo Freire)

quinta-feira, 4 de janeiro de 2007

Memorial


Hoje final de semestre para alguns , recuperação para outros. Quanta informação, medo, dúvidas, trocas, risos, lágrimas, emoção....
Como é bom poder sentir tudo isso ao mesmo tempo!!!!!!
A tarde foi muito quente e nós lá, esperando avaliação e a apresentação do memorial, quanta expectativa.
Como pode a gente fazer um bicho de 7 cabeças para coisas tão simples???
Quanta insegurança!!!!!
Afinal estou acostumada a me apresentar na frente dos meus alunos, dos meus colegas de escola.
Mas me deu um medão, preparei coisas pra falar e esqueci, o tempo que parecia ser muito foi pouco, que vontade de poder dizer muitas outras coisas que não foram faladas nem escritas, principalmente na frente da tutora Luciane que tive bastante contato pelo ROODA e da professora Suzana que aprendi a gostar e admirar. Quanto esse curso me acrescentou e como é bom rever meus conceitos, saber e entender que o aperfeiçoamento é importante e preciso.
Fiz um acróstico que simplifica o que foi o curso pra mim.